Repositório Institucional

Efeitos da sazonalidade na incidência de micro-organismo no leite de propriedades do Município de Luz - MG

Show simple item record

dc.contributor.author Rodrigues, Alberto Alves
dc.date.accessioned 2022-02-15T18:51:22Z
dc.date.available 2022-02-15T18:51:22Z
dc.date.issued 2021
dc.identifier.uri http://hdl.handle.net/123456789/116
dc.description.abstract O presente trabalho teve como objetivo identificar o micro-organismo de maior incidência, correlacionando com períodos de sazonalidade, usando os dados do INMET, resultados de culturas do período de março de 2019 a fevereiro de 2021, realizadas por um laboratório de análises clínicas situado no município de Luz-Minas Gerais. Foram analisadas 280 amostras de março de 2019 a fevereiro de 2020 e 258 amostras de março de 2020 a fevereiro de 2021. Os dados foram submetidos à análise descritiva e à análise de regressão linear para avaliação da associação entre o número de culturas e porcentagem de culturas positivas com os parâmetros climáticos. Foi identificado como maior incidente o microrganismo Streptococcus agalactiae, causador de mastite contagiosa e também Streptococcus uberis e o Escherichia coli que são agentes causadores da mastite ambiental. O estudo não encontrou correlação entre sazonalidade e incidência de micro-organismos, provavelmente pelo fato de que no ano de 2020 houve escassez de chuvas. Sendo assim, o micro-organismo com maior relevância foi o S. agalactiae que não depende das chuvas para sua disseminação en_US
dc.language.iso other en_US
dc.subject Sazonalidade, micro-organismos, incidência en_US
dc.title Efeitos da sazonalidade na incidência de micro-organismo no leite de propriedades do Município de Luz - MG en_US
dc.type Thesis en_US


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Browse

My Account